Tipos de extintores de incêndio

Existem diferentes tipos de extintores para cada tipo de incêndio. Um incêndio pode ser causado por vários materiais diferentes e cada agente é responsável pelo combate de cada um.

Neste artigo, iremos descrever cada tipo de extintor existente e sua classificação, seus usos indicados e como identificar devidamente os extintores em projetos de combate a incêndio.

Tipos de extintores

Agente Extintor Indicação
Água (H2O) É indicado para incêndios da classe A. Seu princípio de extinção é por resfriamento e age em materiais como madeiras, tecidos, papéis, borrachas, plásticos e fibras orgânicas. É proibido o seu uso para incêndios de classe B e C.
Gás Carbônico (CO2) É indicado para incêndios da classe B e C. Seu princípio de extinção ocorre por abafamento e resfriamento e age em materiais combustíveis e líquidos inflamáveis e também contra fogo oriundo de equipamentos elétricos.
Pó Químico B/C É indicado para incêndios da classe B e C. Seu princípio de extinção é por meio de reações químicas.
Pó Químico A/B/C É indicado para incêndios da classe A, B e C. Seu princípio de extinção é por meio de reações químicas e abafamento (para incêndios da classe A) e pode ser usado para a contenção de fogo de praticamente qualquer natureza.
Espuma mecânica É indicado para incêndios da classe A e B e seu uso é proibido para incêndios de classe C. Seu princípio de extinção é por meio de abafamento e resfriamento.
Tipos de Extintores

Tipos de Extintores

Classificação de incêndios

Classe Natureza do fogo
Classe A Incêndio originado pela queima de materiais combustíveis sólidos que geram resíduos como papel, madeira, plásticos termoestáveis, borrachas, tecidos e fibras orgânicas.
Classe B O fogo é causado pela combustão de líquidos ou gases inflamáveis, combustíveis, graxas e plásticos que queimam apenas em superfície e não geram resíduos.
Classe C Incêndio gerado pela queima de equipamentos e instalações elétricas energizadas, tais como quadros de força, fiação elétrica, transformadores, eletrodomésticos, etc.
Classe D Fogo causado por metais combustíveis como magnésio, titânio, potássio, lítio, sódio e zircônio.

O que é um extintor?

De acordo com a NBR 12693 – Sistemas de proteção por extintores de incêndio, um extintor é um aparelho manual utilizado com a finalidade de combater princípios e focos de fogo que contém um determinado agente extintor para certos tipos de incêndios.

Os projetos de combate a incêndio devem considerar em sua fase de confecção alguns requisitos baseado na norma. São eles:

  • A área e sua classe de risco de acordo com a área a ser protegida.
  • A origem ou natureza do fogo.
  • O agente ou tipo de extintor a ser utilizado para o combate do fogo.
  • A capacidade de extinção do aparelho extintor.
  • A distância que o usuário do extintor deverá percorrer para levá-lo até o local de princípio do incêndio.

Os extintores devem ser instalados em locais em que o acesso ao mesmo não seja bloqueado pelo fogo e devem ser devidamente sinalizados de forma a facilitar ao máximo a sua identificação pelo usuário. Também, não devem ficar em locais abertos que recebam ações de intempéries como o sol, chuva, vento, etc. Da mesma maneira, sua remoção não pode ser dificultada por estruturas feitas para protege-los como abrigos e suportes.

Cada tipo de extintor deve ser identificado quanto ao seu uso e sua indicação. É recomendável que se tenha mais próximo os extintores que combaterão o fogo em caso de incêndio de materiais próximos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *