Escola Engenharia > Fundações e Geotecnia > Estaca Strauss – Vantagens e Desvantagens

Estaca Strauss – Vantagens e Desvantagens

Resumo com as principais características das estacas Strauss. Etapas de execução de estaca tipo Strauss. Vantagens e desvantagens da estaca Strauss.

Por Caio Pereira • Atualizado em 24 de julho de 2019

A estaca Strauss é uma estaca escavada pois para ser inserida no terreno é necessária remoção prévia do solo. A estaca tipo Strauss se caracteriza por ser moldada in loco e são executadas enchendo-se de concreto as perfurações que foram escavadas.

As estacas Strauss surgiram com o intuito de substituir as estacas pré moldadas cravadas no solo por percussão devido à grande vibração e ocorrência de ruídos causados pelo processo de cravação.

A estaca Strauss é um tipo de estaca de fundação profunda executada com auxílio de um equipamento conhecido como bate-estaca Strauss que consiste de um guincho, tripé, pilão, tubos guia e sonda.

Características da Estaca Strauss

Etapas de execução da Estaca Strauss

A escavação da estaca Strauss não é feita por trado, como muitas vezes se pensa. O equipamento para a colocação da estaca Strauss é conhecido como bate-estaca Strauss e consiste basicamente de um guincho, um tripé com uma roldana fixada no topo, tubos guia, pilão e sonda.  A escavação é feita através de um tubo que pesa em torno de 700 kg com um diâmetro um pouco menor do que o tubo de revestimento.

Para o início da escavação abre-se um furo no terreno com um soquete para colocação do primeiro tubo. Aprofunda-se o furo com golpes de sonda de percussão. Conforme a descida do tubo, rosqueia-se o tubo seguinte até a escavação atingir a profundidade determinada.

Atingida a cota prevista no projeto de fundação da edificação, o operador do bate estacas Strauss faz a checagem se a piteira já não entra tanto no solo. Isso ocorre quando atinge-se um nível em que o SPT é 20. Se isto acontecer, autoriza-se a concretagem.

Veja mais sobre a sondagem SPT.

O concreto é, então, lançado no tubo e apiloa-se o material com o soquete  na base da estaca. Para formar o fuste o concreto é lançado na tubulação e apiloado, enquanto que as camisas metálicas são retiradas com guincho manual.

Bate Estaca Strauss
Bate Estacas Strauss

Melhores tipos de solos para Estaca Strauss

As situações e os tipos de solos adequados para execução de estaca Strauss são:

 Piores tipos de solos para Estaca Strauss

Os tipos de solos não adequados para execução de estaca tipo Strauss são:

Vantagens da Estaca Strauss

Desvantagens da Estaca Strauss

Quer citar este artigo em seu trabalho? Utilize o modelo abaixo:

PEREIRA, Caio. Estaca Strauss – Vantagens e Desvantagens. Escola Engenharia, 2013. Disponível em: https://www.escolaengenharia.com.br/estaca-strauss/. Acesso em: 11 de dezembro de 2019.

Copiado!

Relacionados

O que você achou deste conteúdo? Tem alguma dúvida? Conte nos comentários.

  1. Marcos
    30 de janeiro de 2018

    Em alguns arrasamentos, ja detectamos espaço de mais de 20cm de lama no interior do fuste, e estrangulamento do mesmo.

  2. Irwing
    29 de julho de 2017

    Parabéns pelo post. Obrigado.

  3. Cássio
    30 de janeiro de 2017

    Estaca Strauss é uma estaca. Considerada vantajosa por ter mais atrito lateral, na retirada das camisas o concreto preenche todos os espaços da estaca aumentando o atrito lateral, o que não ocorre com as estacas pré moldadas. Sem falar que as estacas pré moldadas na execução provoca muito impacto no solo, ocasionando problemas com vizinhos laterais.

  4. Waldemir
    4 de agosto de 2016

    Boa abordagem a respeito da Estaca Strauss, são vários os fatores que fazem com que a estaca strauss seja a escolhida para os diversos tipos de construções.

    • Caio Pereira
      4 de agosto de 2016

      Boa tarde Waldemir!

      Obrigado pelo comentário 🙂

  5. Francisco Souza Freitas
    12 de maio de 2016

    gostaria de receber mais informações sobre fundações sou acadêmico de engenharia

  6. Lopes
    10 de janeiro de 2015

    As estacas foram uma opção que perdurou durante um bom período pelo motivo de economia nas obras de pequenas cargas, um dos motivos a execução em lugares de espaços confinados.
    Hoje estão sendo substituídas pelas estacas hélice segmentada monitorada, que oferecem grandes vantagens, como; maior capacidade de carga, controle de qualidade, rapidez, ausência de impacto não afetando as obras vizinhas. Tudo isso um custo igual ao de uma strauss executada de acordo a NBR.

    • Lucas
      29 de agosto de 2016

      O custo da execução da hélice monitorada é MUITO mais alto, o equipamento é MUITO maior, e deve-se ter uma central de concreto na obra, é utilizada para obras de grande porte. Como compará-la à estaca Strauss???
      Talvez você esteja confundindo com o trado rotativo que não lança concreto, apenas escava.
      Obs: De um modo geral não existe melhor ou pior método de execução para fundações, e sim o mais adequado para aquela situação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer aprender mais sobre Fundações?

Cadastre-se e receba conteúdos GRATUITAMENTE.