Tipos de telhas para telhados

Diferentes tipos de telhas são utilizados para diferentes tipos de aplicações e finalidades. Conheça aqui os principais tipos de telhas mais utilizados para a construção de um telhado.

Diferentes tipos de telhas são utilizados para diferentes tipos de aplicações, finalidades e gostos dos clientes.

Atualmente, há uma grande variedade de tipos de telhas disponíveis no mercado, cenário este, que dificulta a escolha na hora de construir ou reformar.

As primeira características a serem analisadas para a decisão, serão o estilo e a finalidade da construção, pois cada tipo de telha apresenta propriedades únicas. Então, para decidir qual telha usar deve-se levar em conta fatores como o formato e a inclinação desejada para a cobertura, conforto térmico, estética, entre outros.

Telhas cerâmicas

As telhas cerâmicas ou de barro, como também são chamadas, são as telhas mais antigas e mais utilizadas em coberturas de casas. São feitas a partir da queima da argila em olarias.

Existem vários modelos destas telhas, como as coloniais, francesas, romanas e portuguesas. A única diferença entre elas é o formato. Estas telhas apresentam ótimo isolamento térmico, o que proporciona uma temperatura agradável nos ambientes internos das edificações.

Podem ser telhas naturais, telhas com acabamento sintético e telhas vitrificadas. As naturais não possuem nenhum revestimento e as com acabamento sintético são esmaltadas e possuem revestimento de película para proteção. Já as vitrificadas são as mais resistentes e duráveis. Além disso, o custo destas telhas costuma ser baixo e elas combinam com um estilo arquitetônico mais clássico e tradicional.

Para utilizar este tipo de telha é preciso uma estrutura de cobertura bastante resistente, pois são pesadas.

Recomenda-se sempre utilizar a inclinação de cobertura definida pelos fabricantes, costuma variar de 30% a 35%.

Telhas de concreto

As telhas de concreto estão entre as mais modernas do mercado, seu uso é bem recente, mas já apresenta inúmeros benefícios. Entre eles, é possível destacar o conforto térmico, pois, apesar da telha cerâmica apresentar bons resultados, a de concreto é ainda melhor. Outra característica da telha de concreto é a variedade, tanto de cores quanto formatos.

Essas telhas são recomendadas para projetos de casas contemporâneas e casas com telhados bastante inclinados, deve-se ter cuidado pois é necessário fazer manutenção anualmente devido a porosidade da peça, e também, é necessário o uso de resina para ter uma melhor impermeabilização do telhado.

Uma dica, é utilizar a telha de cor branca, pois ela reflete o calor e a luz do sol, assim então, proporcionando um conforto térmico ainda melhor.

Telhas de fibrocimento

As telhas de fibrocimento são as mais baratas do mercado, porém, as que tem menor durabilidade. Essas telhas normalmente são utilizadas em obras populares, comerciais (galpões e indústrias) e em edifícios onde o telhado não fica exposto, pois não apresentam boa estética. Há diversos formatos e níveis de ondulação e elas podem ser utilizadas em coberturas com pouca inclinação.

Devido ao baixo peso, facilitam a montagem da cobertura, não sendo necessário ter um madeiramento muito resistente como suporte. Elas são fixadas através de parafusos, deve-se ter bastante cuidado durante a fixação para que não haja problemas com o vento e a chuva futuramente.

Telhas metálicas

As telhas metálicas são muito utilizadas em grandes vãos, a unidade pode ter até quatro metros, precisando então, poucas peças para cobrir um telhado. São mais indicadas para edificações comerciais, pois não proporcionam um isolamento térmico ideal, além de serem bastante barulhentas em dias de chuva.

Essas telhas são divididas entre telhas galvanizadas e telhas galvalume (telhas de aço revestida por liga de alumínio e zinco), as duas apresentam boa resistência e durabilidade, têm baixo custo e são facilmente instaladas.

Telhas de vidro

A principal função das telhas de vidro é permitir a passagem de luz natural pela cobertura, por isso, são utilizadas em ambientes com pouca luz ou em espaços externos, como varandas e pergolados. Elas são combinadas com o uso de telhas de cerâmica ou concreto, devido ao mesmo formato e modelos.

São telhas com boa durabilidade, porém, frágeis, então é necessário tomar cuidado com grandes impactos, e também, durante a fixação na estrutura da cobertura.

Telhas ecológicas

As telhas ecológicas surgiram a partir da necessidade da redução de resíduos produzidos diariamente, este cenário sustentável tem crescido bastante nos últimos anos. No mercado, há uma grande variedade de telhas ecológicas, feitas de materiais como: fibras naturais recicladas, garrafa pet, embalagens de creme dental, entre outros.

As telhas feitas de embalagens de creme dental, dispõem de grande durabilidade, conforto térmico e isolamento acústico. Já as produzidas de garrafas PET são também muito resistentes, além de muito mais leves e com custo mais baixo. Estas telhas estão no mercado para substituir as de fibrocimento (amianto) que são prejudiciais à saúde e ao meio ambiente.

Quer citar este artigo em seu trabalho? Utilize o modelo abaixo:

PEREIRA, Caio. Tipos de telhas para telhados. Escola Engenharia, 2018. Disponível em: https://www.escolaengenharia.com.br/tipos-de-telhas-para-telhados/. Acesso em: 15 de dezembro de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *