Aprenda 3 DICAS para se tornar um MELHOR engenheiro:

Como fazer um Projeto de Fundação

Confira os fatores a serem considerados para a elaboração de um projeto de fundação e suas características de acordo com o tipo de fundação escolhida.

O projeto de fundação é um dos principais projetos a serem realizados para a boa execução de uma construção. É nesse documento que será definido o melhor tipo de fundação a ser utilizado assim como o detalhamento de seus elementos.

A escolha correta do tipo de fundação pode evitar patologias e recalques do solo que não estavam previstos. Dessa forma, realizar um projeto de fundação pode ajudar a ter uma edificação mais segura e mais econômica.

Os problemas mais comuns em fundações são os recalques excessivos. O recalque é o movimento vertical descendente dos elementos de uma fundação e ocorre naturalmente em qualquer construção. O problema acontece quando o recalque é maior do que o normal e a fundação não está projetada para suportar esse movimento adicional. Isso pode causar fissuras e trincas na estrutura e até o seu colapso.

Portanto, a elaboração de um bom projeto de fundação por um profissional que conhece as normas técnicas e as boas práticas é essencial para que problemas sejam evitados e para que o gasto com a construção e manutenção da edificação seja menor.

Projeto de fundação
Detalhamento de um projeto de fundação (Fonte: Estacas Brasil)

Grandezas a serem consideradas no projeto de fundação

De acordo com a NBR 6122/2010, há grandezas fundamentais a serem consideradas para os projetos de fundações de acordo com a solução adotada.

Para fundações superficiais, a grandeza fundamental para a elaboração do projeto é a determinação da tensão admissível ou a determinação da tensão resistente, caso o projeto considere coeficiente de segurança global ou fatores parciais, respectivamente.

Para fundações profundas, há grandezas fundamentais diferentes para estacas e tubulões. Para estacas, a grandeza é a carga admissível se o projeto for realizado em valores característicos ou a carga resistente de projeto se o projeto for realizado em valores de projeto. Já para tubulões, a grandeza fundamental é a tensão admissível ou tensão resistente de projeto.

Essas cargas ou tensões, tanto para fundações superficiais quanto para fundações profundas, devem obedecer aos estado limite último (ELU) e estado limite de serviço (ELS).

Como fazer um projeto de fundação

Para a elaboração de um projeto de fundação é preciso se atentar a alguns fatores, dentre eles:

1) Investigações do solo

Para a realização de um projeto de fundação, é imprescindível a investigação do terreno de fundação para que se conheça o tipo de solo em que a obra será executada. Essa investigação pode ser realizada em campo por meio das sondagens ou em laboratório por meio da coleta e análise de amostras de solo.

Além disso, a sondagem irá mostrar a presença de obstáculos no terreno como matacões e lixos enterrados, a presença ou não de lençol freático e a capacidade de suporte do solo.

>> Veja aqui os Principais Tipos de Sondagem

2) Estudar a topografia da área

É importante conhecer as características físicas do terreno onde a fundação será instalada. As informações mais relevantes são dados sobre taludes, encostas, erosões, etc.

3) Analisar as construções vizinhas

Alguns tipos de fundações geram muita vibração no solo que podem abalar as estruturas de edificações vizinhas. O mais recomendado para o início de qualquer obra que tenha edificações já executadas em sua vizinhança, é a elaboração de um laudo técnico, com registro fotográfico e escrito da atual situação do entorno.

4) Comparar os tipos de fundações

Conhecendo-se o tipo de solo presente no terreno de fundação, é viável realizar um estudo comparativo entre os vários tipos de fundações e avaliar as soluções possíveis que tenham um custo menor para a execução e que garantam a segurança para a estrutura.

5) Avaliar o projeto estrutural e arquitetônico

O projeto estrutural de uma edificação influencia na definição do tipo de fundação a ser executada de acordo com o tipo e uso da estrutura.

Da mesma forma, a arquitetura da construção pode influenciar na escolha da solução a ser utilizada.

Conclusão

Um projeto de fundação, quando realizado com a aplicação de normas técnicas e profissionalismo, traz como vantagens a definição e execução da melhor fundação avaliando aspectos técnicos, econômicos e de segurança.

Quer citar este artigo em seu trabalho? Utilize o modelo abaixo:

PEREIRA, Caio. Como fazer um Projeto de Fundação. Escola Engenharia, 2017. Disponível em: https://www.escolaengenharia.com.br/projeto-de-fundacao/. Acesso em: 16 de dezembro de 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *