Aprenda 3 DICAS para se tornar um MELHOR engenheiro:

O que é Concreto Usinado?

Conheça os cuidados no recebimento e lançamento do concreto usinado. Saiba as características, vantagens e desvantagens de sua aplicação.

O concreto usinado é um tipo de concreto produzido em uma central em que a dosagem dos materiais utilizados é feita de forma controlada e monitorada. Dessa forma, espera-se que a qualidade do concreto seja maior do que o concreto rodado em obra.

A mistura de cimento, agregados e água para a obtenção do concreto usinado é realizada em usinas de concreto e, de acordo com a NBR 7212/2012 (Execução de concreto dosado em central – Procedimento), pode ser transportada para as obras em caminhões betoneiras ou em veículos que não possuem equipamentos de agitação.

A unidade de volume de entrega é o metro cúbico (m3) e deve ser medida após o adensamento e enquanto estiver fresco.

O concreto usinado também é conhecido como concreto dosado em central (CDC). É muito utilizado em grandes centros urbanos, onde o espaço físico e o volume necessário de concreto no canteiro de obras restringe a produção dentro da obra.

Cuidados no recebimento do concreto na obra

Ao receber o concreto na obra, a equipe responsável deverá conferir se o caminhão betoneira está lacrado e se o código do lacre corresponde ao código presente na nota fiscal. As usinas de concreto recebem pedidos de várias obras e vários tipos diferentes de concreto. Se algum outro for enviado por engano para a sua obra, você pode ter problemas sérios no futuro.

Deve-se conferir se a resistência do concreto recebido e o volume são os mesmos que os solicitados.

Após a conferência do lacre, deve-se coletar amostras para a realização de ensaios de controle de resistência.

DICA: Muitos construtores, por confiarem na qualidade do concreto das concreteiras, não realizam esses ensaios com outras empresas e por acharem que se ocorrer algum problemas, as empresas de concreto serão as principais responsáveis. Porém, caso aconteça algum imprevisto, o responsável técnico da obra pode ser julgado civilmente e criminalmente por negligência, imperícia e/ou imprudência.

Outro teste muito importante é o ensaio de abatimento do concreto, utilizado para medir a consistência do concreto. Também é conhecido como slump test.

Cuidados no lançamento

Para que o procedimento de lançamento do concreto usinado seja realizado com sucesso, é necessário que seja realizado um planejamento da concretagem. Este documento irá conter o mapa de concretagem e todas as recomendações necessárias para que toda a execução seja segura e feita da melhor forma.

De acordo com a NBR 7212/2012, o concreto usinado não deve ser lançado após decorridas 2 horas e meia da primeira adição de água caso seja transportado por caminhão betoneira ou após 1 hora caso seja transporte por equipamento sem agitação.

Concreto Usinado
Concreto usinado sendo lançado com o auxílio de bomba de concreto e vibrador (Fonte: Casa do Construtor)

Vantagens do concreto usinado

  • Maior controle na qualidade do concreto
  • Redução do desperdício de materiais
  • A dosagem em usinas de concreto permite a fabricação de concretos de grandes resistências e características específicas com o uso de aditivos
  • Ganho na produtividade no canteiro de obras
  • Ganho de espaço físico na obra pela não necessidade de estocagem de grandes quantidades de sacos de cimento, areia e brita

Desvantagens do concreto usinado

  • Preço relativamente maior do que o produzido em obra
  • Dependência da concreteira quanto a disponibilidade de entrega
  • Dependência da concreteira quanto aos materiais utilizados na dosagem
  • Se ocorrer atrasos na entrega, devido a imprevistos como transito e congestionamentos, a qualidade do concreto pode ficar comprometida
  • Impossibilidade ou dificuldade de trabalhar com pequenas quantidades de concreto

Quer citar este artigo em seu trabalho? Utilize o modelo abaixo:

PEREIRA, Caio. O que é Concreto Usinado?. Escola Engenharia, 2017. Disponível em: https://www.escolaengenharia.com.br/concreto-usinado/. Acesso em: 16 de dezembro de 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *