Escola Engenharia > Instalações Provisórias > Madeirite: O que é, principais tipos e suas aplicações

Madeirite: O que é, principais tipos e suas aplicações

Madeirites, ou compensados, são madeiras modificadas formadas pela sobreposição de lâminas de madeira. Confira seus principais tipos e suas aplicações.

Por Caio Pereira • Publicado em 15 de janeiro de 2019

Madeirites, ou compensados, são madeiras modificadas formadas pela sobreposição de lâminas de madeira.

O madeirite, por ter uma grande superfície e custo atrativo, é comumente utilizado em fôrmas para lajes, vigas e pilares, como tapumes no perímetro de obras ou ainda em algumas instalações provisórias, delimitando ou dividindo ambientes como refeitórios, banheiros e almoxarifados em canteiros de obras.

Aplicação e uso do madeirite

Quando o período de construção é relativamente grande, o uso na fôrma de tapume vem caindo em nosso país, com algumas construtoras optando por telhas trapezoidais de alumínio, reaproveitando-as em outros canteiros.

Já em fôrmas para lajes, os diferentes tipos são bastante utilizados. A escolha pode variar de acordo com a repetitividade dos pavimentos-tipo e as necessidades de durabilidade.

O uso de madeirite é recorrente em lajes maciças e pode, de acordo com a construtora, ocorrer quando se faz laje nervurada com cubetas (produzindo um assoalho de segurança). Algumas estendem o uso, quando do tipo resinado, em pilares e vigas, que tradicionalmente recebem tábuas de madeira.

A seguir, vamos conhecer melhor os principais tipos de madeirites.

Tipos de madeirite

Os madeirites são vendidos em chapas de 110,0 cm X 220,0 cm nas espessuras de 6,0 mm, 10,0 mm, 12,0 mm, 14,0 mm, 18,0 mm e 20,0 mm.

Madeirite resinado ou cola branca

Madeirite resinado rosa
Madeirite resinado rosa

O madeirite de chapa resinada é formado pelas chapas finas de madeira compensada unidas por cola. Essa cola pode ser branca, que apresenta baixa resistência à umidade e menor número de reutilização das fôrmas.

Madeirite fenólico ou cola preta

Os madeirites fenólicos apresentam um média resistência à umidade e são muito utilizados para a execução de fôrmas durante a construção da obra.

Madeirite plastificado

Madeirite plastificado
Madeirite plastificado

Esse madeirite é unido também por cola fenólica. Externamente, ao invés de receber pintura rosada (resina), é protegido por uma película (tergofilme) que confere uma superfície lisa e pouquíssimo permeável.

Orçamento

A Tabela de Composições de Preços para Orçamentos (TCPO) possui composições unitárias de custos que consideram o reaproveitamento de fôrmas feitas utilizando madeirite.

Cada composição define qual o tipo de chapa de compensado considera e utiliza um fator de redução de consumo, apontando a necessidade de menos de um metro quadrado de fôrma para cada metro quadrado de laje.

Assim, na etapa de orçamento é importante já saber qual o tipo de fôrma que será usada. Em canteiro, é fundamental garantir o reaproveitamento, que dependerá da gestão do material, com cuidado em seu manuseio e armazenamento por parte dos operários.

Acabamento

Em algumas aplicações com concreto armado em peças aparentes, a opção por tábuas de madeira ou chapas de compensado não se pauta por produtividade, mas por estética.

O uso das tábuas é pouco produtivo, mas deixa mais ranhuras, rebarbas e saliências nas estruturas, o que pode ser desejado em construções rústicas com concreto envernizado.

Para lajes que serão revestidas com forro de PVC ou de gesso, forros rebaixados ou outras, a chapa compensada apresenta a vantagem da produtividade. Assim como blocos cerâmicos de vedação vertical, a área de cobertura influencia positivamente em seu uso.

Pode ainda haver o desejo de estruturas aparentes, mas lisas. Nesse caso, chapas de compensado de melhor qualidade (plastificadas) são as mais recomendadas, diminuindo correções estéticas posteriores com argamassa.

Alternativas ao uso de madeirite

Além do uso de telhas de alumínio como alternativa para tapumes, em fôrmas ainda há outras opções aos madeirites ou chapas compensadas.

Uma delas com desempenho similar é o OSB (Oriented Strand Board) que pode ser utilizado no canteiro ou pode ser usado também como revestimento da edificação, ao contrário do que acontece com o próprio madeirite, que é encarado apenas como insumo de construção. Quando se pensa em reaproveitamento, além das chapas plastificadas, existe a opção das fôrmas metálicas.

Quer citar este artigo em seu trabalho? Utilize o modelo abaixo:

PEREIRA, Caio. Madeirite: O que é, principais tipos e suas aplicações. Escola Engenharia, 2019. Disponível em: https://www.escolaengenharia.com.br/madeirite/. Acesso em: 22 de agosto de 2019.

Copiado!

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *