O que é Graute?

Graute é uma pasta de argamassa com consistência fluida utilizada para o preenchimento de espaços vazios em locais de difícil acesso, dispensando o uso de vibradores para o seu adensamento. Confira o que é graute, os seus tipos, características, principais aplicações e vantagens.

Graute é uma pasta de argamassa com consistência fluida utilizada, principalmente, para o preenchimento de espaços vazios em locais de difícil acesso, dispensando o uso de vibradores para o seu adensamento.

Além disso, pode ser usado para o encamisamento de elementos de estrutura metálica, protegendo-os da ação da corrosão, para o preenchimento de trincas e fissuras, para preenchimento de blocos de alvenaria estrutural armada, para a regularização de superfícies que servirão como base para equipamentos e máquinas, dentre outros.

O graute pode ser constituído por cimento, areia, quartzo, sílica, cal ou outros minerais e de aditivos que conferem características adequadas para aplicações específicas.

Tipos de graute

Os grautes podem ser, essencialmente, de dois tipos: de base mineral ou de base orgânica. As principais diferenças entre os dois tipos de graute são as suas composições e as suas finalidades.

Graute de base mineral

É utilizado principalmente para construções civis em geral devido ao seu custo mais baixo. É composto por uma base cimentícia e suas características dependem do tipo de cimento utilizado para a sua produção.

Graute de base orgânica

Sua composição é de origem orgânica e por isso recebe esse nome. São constituídos em sua grande maioria por resinas epóxi derivadas do petróleo. Por isso, a sua desvantagem é o seu custo mais elevado, sendo mais utilizados em condições especiais.

São muito utilizados para obras industriais, injeções e reparos de trincas e fissuras, execuções sob altas temperaturas e para uso submerso.

As vantagens na utilização dos grautes de base orgânica ou resinada são a baixa viscosidade para o preenchimento de fissuras, alta resistência mecânica e boa aderência da pasta ao concreto e as armaduras de aço.

Como preparar graute

O graute pode ser preparado no próprio canteiro de obras ou industrializado. É recomendado utilizar o industrializado pois o controle tecnológico e de segurança utilizados durante a produção, garantem maior qualidade à mistura. Neste caso, basta adicionar a quantidade de água recomendada pelo fabricante ao composto e o graute terá uma consistência fluida adequada.

Se a opção for por realizar a mistura dos agregados na obra, o traço do graute deverá ser definido de acordo com a finalidade e a resistência necessária para a aplicação. Para a utilização em alvenarias estruturais é comum utilizar o traço como definido abaixo:

Traço do graute
Traço do graute (Fonte: Selecta)

Vantagens do graute

  • A sua consistência fluida favorece o preenchimento de pequenos vazios entre o concreto e a armadura, evitando o aparecimento de brocas ou bicheiras.
  • Agilidade na execução.
  • Protege as armaduras e estruturas metálicas contra a corrosão.
  • Pode ser utilizado para o encamisamento de pilares ou outros elementos metálicos.
  • Pode ser utilizado para o tratamento de fissuras e trincas em estruturas de concreto armado.

Quer citar este artigo em seu trabalho? Utilize o modelo abaixo:

PEREIRA, Caio. O que é Graute?. Escola Engenharia, 2018. Disponível em: https://www.escolaengenharia.com.br/graute/. Acesso em: 20 de agosto de 2018.

O que você achou deste conteúdo? Tem alguma dúvida? Conte nos comentários.

  1. Édina

    Não sou engenheira, mas sou muito curiosa! Gostaria de saber se posso usar o graute em fissura de parede comum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *