O que é Concreto Magro?

O concreto magro é um tipo de concreto indicado para regularização ou proteção mecânica de superfícies. Confira nesse artigo o que é um concreto magro, para que serve, como fazer e qual o traço ideal para a sua mistura.

O concreto magro é um tipo de concreto sem função estrutural, muito utilizado para regularização ou proteção mecânica de superfícies.

Sua principal característica é ter um baixo teor de cimento no seu traço, alto teor de agregados e reduzida quantidade de água. É mais econômico do que o concreto convencional e deve ser utilizado quando a necessidade não demandar muita resistência e impermeabilidade.

Muitas vezes, este tipo de concreto é confundido com o concreto auto adensável, pois os dois apresentam características parecidas por não utilizarem um alto teor cimento na sua mistura.

Porém existe uma grande diferença entre esses dois tipos de concreto. A principal é que o concreto auto adensável, está mais relacionado a projetos de aterramento, onde o concreto será removido em alguns meses quando os projetos forem concluídos.

Neste caso, é possível produzí-lo com materiais mais baratos e menos duráveis que o concreto magro.

Para que serve o concreto magro?

A principal função do concreto magro é fornecer uma superfície uniforme para a concretagem das fundações (radier, sapata isolada, entre outras) e também, prevenir o contato direto do concreto da fundação com o solo, pois a umidade e alguns agente químicos presente no solo, como sulfatos, podem danificar o concreto da fundação e enfraquecê-lo, fazendo com que não atinja a resistência necessária.

Quando for utilizado para este fim, alguns cuidados devem ser tomados durante a execução. As etapas construtivas para a execução, basicamente, são: escavar o terreno até a cota desejada, tomando-se cuidado para que se obtenha o nivelamento correto; após a escavação, um lastro de concreto magro é lançado. este lastro deve ter espessura mínima de 5 centímetros para que evite, efetivamente, o contato do solo com o concreto da fundação que será lançado posteriormente; e então, a fundação é concretada conforme especificações do projeto de fundações.

Concreto Magro
Aplicação de concreto magro

Este tipo de concreto tem função apenas de preenchimento e proteção mecânica, sem função estrutural, devido ao baixo consumo de cimento na mistura. Também pode ser utilizado em envelopamentos de tubos, base de blocos de fundação, contrapisos, etc.

Como fazer um concreto magro?

O concreto é um material composto, produzido a partir da mistura de alguns componentes.

Para o concreto magro, o traço utilizado para a produção desta mistura, normalmente, é 1 saco de cimento, 8 latas e meia de areia, 11 latas e meia de pedra e 2 latas de água. Isto rende, aproximadamente, 14 latas ou 0,25 metros cúbicos de concreto magro.

Para demonstrar a diferença de quantidade de cimento e agregados no concreto magro para os outros tipos de concretos, faremos uma comparação com o concreto que é utilizado para elementos de fundação, que serão dispostos acima do concreto magro.

Esse é composto por 1 saco de cimento, 5 latas de areia, 6 latas e meia de pedra e 1 lata e meia de água. Assim, é possível perceber que para 1 saco de cimento na mistura do concreto magro é utilizado 44% a mais de agregados do que no concreto para a fundação.

Quer citar este artigo em seu trabalho? Utilize o modelo abaixo:

PEREIRA, Caio. O que é Concreto Magro?. Escola Engenharia, 2018. Disponível em: https://www.escolaengenharia.com.br/concreto-magro/. Acesso em: 22 de setembro de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *