O que é Laje Treliçada?

Laje treliçada é um tipo de laje pré moldada. Confira como executar laje treliçada, vantagens e desvantagens e os principais cuidados na montagem da laje.

Laje treliçada é um tipo de laje pré moldada que possui uma estrutura de treliça como armadura, fixa a uma placa de concreto. Nos vãos entre esta estrutura, utiliza-se algum material de preenchimento, de forma similar ao que acontece com outros modelos como poliestireno expandido (EPS) ou blocos cerâmicos.

Com um projeto estrutural adequado, é possível vencer vãos consideráveis, de até 12 metros de comprimento, com espessuras proporcionais de laje dependendo do vão a ser vencido e da carga que será aplicada na laje. Essas espessuras partem de doze até trinta centímetros.

O resultado, após a concretagem, pode ser considerado um tipo de laje nervurada unidirecional (ou bidirecional, conforme a concepção).

Laje treliçada com preenchimento com blocos cerâmicos
Laje treliçada com preenchimento com blocos cerâmicos

Projeto e execução de laje treliçada

Para a confecção de um projeto de laje treliçada, o primeiro passo consiste na definição das peças a serem utilizadas e na definição da orientação, determinada pelo projetista estrutural com base nas características do projeto arquitetônico.

Essas peças a definir são tanto as vigas treliçadas como o material de preenchimento, que irá influenciar, e muito, no peso próprio da estrutura.

Definido o projeto estrutural, a equipe de orçamento de obra, planejamento e controle deve realizar a compra de materiais, locação ou compra de equipamentos e definir como irá ocorrer a execução.

Nela, conforme o projeto estrutural, dispõe-se as placas com largura média de 12 cm e treliças metálicas fixas a elas, sobre cimbramento (formas e escoras). Após, são colocados entre estas estruturas os elementos de preenchimento. Deve-se atentar quando for utilizada peça em EPS para se evitar acidentes.

Acima da estrutura e do preenchimento, dispõe-se armaduras complementares que são produzidas no canteiro de obras. Nesse momento, as tubulações para instalações hidrossanitárias e elétricas (esperas ou tubos de piso) são dispostas em seus devidos locais.

Após, executa-se capeamento em concreto de pequena espessura sobre o enchimento e em maior espessura nas nervuras sobre as treliças.

Os cuidados para outras concretagens aqui se repetem. Eles começam pela altura de lançamento, adensamento e cura em prazo adequado.

Vantagens no uso de lajes trelicadas

O uso de lajes treliçadas apresenta as seguintes vantagens:

  • Vencer grandes vãos permite maior flexibilidade arquitetônica, quando combinada a sistemas como gesso acartonado nas paredes.
  • Uma estrutura de laje com menor peso próprio acarreta redução de cargas nos demais elementos estruturais que a suportam, desde a supraestrutura (pilares e vigas) até a fundação.
  • A redução de cargas sobre os outros elementos estruturais promove reduções de seção de concreto e aço. Esses elementos participam dos principais itens da curva ABC de um orçamento de obra, sendo muito positiva a redução nesses custos.
  • Peças de EPS geram contribuição para a melhoria do desempenho térmico e acústico da edificação.
  • Redução da demanda por escoramento e mão de obra.

Desvantagens da laje treliçada

Ao executar uma laje treliçada, por sua vez, é preciso considerar que existem essas desvantagens:

  • É importante atentar para a segurança dentro do canteiro com o uso de peças em EPS e circulação sobre elas, que devem atender a uma resistência mínima.
  • Ao contrário de soluções como lajes nervuradas executadas com formas plásticas, a laje treliçada não é uma solução modular de pequena dimensão. Com peças superiores a 7,50 m até 12,00 m, é preciso dispor de equipamentos para içar e fazer os transportes horizontais e verticais das vigas treliçadas.
  • Não são a opção recomendada para regiões em balanço.
  • O poliestireno expandido é um subproduto de petróleo. Com isso, seu preço irá oscilar em função da cotação desse insumo.
  • A escolha pelas tavelas cerâmicas irá trazer menores benefícios, quando houver impossibilidade pela escolha da outra solução de preenchimento.

Quer citar este artigo em seu trabalho? Utilize o modelo abaixo:

PEREIRA, Caio. O que é Laje Treliçada?. Escola Engenharia, 2018. Disponível em: https://www.escolaengenharia.com.br/laje-trelicada/. Acesso em: 11 de dezembro de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *