Wood Frame: o que é, características, vantagens e desvantagens

O wood frame é um sistema construtivo executado com peças de madeira. Confira mais sobre o wood frame, como suas características, vantagens e desvantagens.

Wood frame é um sistema construtivo com montantes e travessas em madeira (o que indica a tradução do nome) revestidos por chapas igualmente feitas de madeira.

No Brasil, chegou em 2009, havendo um edifício executado em 2016, no Paraná, com esse sistema.

Características do wood frame

A parte estrutural (montantes e travessas) do wood frame é composta por madeira maciça, enquanto que as chapas de revestimento são em OSB (Oriented Strand Board).

O OSB é formado por lascas de madeira reflorestada coladas em diferentes direções. Estruturalmente, esta reorganização do material permite amenizar os efeitos da anisotropia original da madeira (comportamento mecânico varia segundo direção do esforço aplicado). O uso dessas lascas também traz apelo ambiental, por permitir reaproveitar pedaços de madeira que não seriam úteis em outras construções convencionais.

Casa em Wood Frame
Casa em Wood Frame

Componentes do sistema

As edificações em wood frame possuem os seguintes componentes:

  • Montantes: pilares horizontais de madeira, com altura equivalente ao pé-direito de um pavimento. Também é possível usar elementos estruturais metálicos.
  • Travessas: peças estruturais horizontais em madeira, oferecendo suporte às janelas (na forma de verga e contraverga) e gerando apoios que diminuem os comprimentos de flambagem dos pilares).
  • Barroteamentos: oferecem suporte ao(s) pavimento(s) acima do térreo.
  • Chapas de revestimento (vedação vertical): chapas de OSB com espessura de 11,1 mm. Para evitar a ação da água, recebem uma membrana hidrófuga (tanto permitindo a saída interna de vapor, como evitando a penetração de umidade externa).
  • Chapas para barroteamento (assoalho): chapas de OSB com espessura superior às da vedação, totalizando 18,3 mm. Oferecem efeito positivo de contenção lateral nas travessas e barrotes, diminuindo efeitos de torção.
  • Fita impermeável de borracha: faz a interface entre fundações e peças de madeira com contato as mesmas.
  • Mãos-francesas: contraventam os montantes de extremidades da edificação.
  • Placas cimentícias: são afixadas e unidas adequadamente em cômodos onde há a possibilidade de molhar, como banheiros, áreas de serviço e cozinhas. Podem ser assentados azulejos (comuns ou porcelanatos) sobre essas placas.
  • Instalações elétricas e hidrossanitárias: podem ser as mesmas utilizadas em outros sistemas construtivos, atravessando apenas as travessas quando necessário. Em caso de ser necessário atravessar montantes, o procedimento só deve ser realizado se previsto em projeto estrutural. Aqui podem ser considerados os tubos PEX, que suportam água quente e fria.

Vantagens do wood frame

O sistema wood frame se destaca pelas seguintes vantagens:

  • Frente aos sistemas construtivos convencionais de madeira, há uma produtividade bem maior na vedação vertical. As chapas de OSB são maiores do que ripas maciças com encaixe macho-fêmea. O mesmo vale para as lajes secas com chapas.
  • Sistemas com madeira trazem a vantagem de ser um material renovável e de impacto ambiental menor do que construções envolvendo estruturas e revestimentos cimentícios. Torna-se necessário, para dar durabilidade adequada, fazer os tratamentos necessários à proteção da madeira.
  • Construção seca e leve, exigindo equipamentos de menor porte para transporte e armazenamento das peças.
  • Com sistemas de isolamento térmico e acústico adequados, confere desempenho muito satisfatório ao usuário.
  • Sistema industrializado e, diferentemente da construção convencional, a indústria não fica completamente instalada onde é montado o produto.

Desvantagens do wood frame

Em contraponto às vantagens, surgem os seguintes inconvenientes:

  • Chapas de OSB possui superfície rugosa, exigindo maior correção no acabamento caso seja desejado mais liso. Ou, no local, a troca por outro tipo de revestimento.
  • Não se elimina a necessidade de concreto armado na edificação, seja para compor contrapiso térreo, ou ainda para sapatas, blocos ou laje mista.
  • Uso sofre preconceitos semelhantes a sistemas otimizados como gesso acartonado, por exemplo, em favor de alvenaria em bloco cerâmico.
  • Falta entendimento aos potenciais usuários de edificações em madeira das vantagens que painéis como OSB ou outras madeiras modificadas oferecem. Esse preconceito é observado também no setor de movelaria, onde os aglomerados compõem os móveis e, em condições adequadas, atendem os requisitos de desempenho. Não podem ser molhados em excesso, mas isso não pode ocorrer nem com outros tipos de materiais ou revestimentos.
  • Quem executar precisa estar ciente de que não pode perfurar, exceto se previsto em projeto estrutural, os montantes. Se isso ocorrer, há um limite de 1/3 da largura.
  • O cliente que desejar partes envernizadas com textura original de madeira pode não querer o revestimento em OSB, onde ela muda.

Normas técnicas relacionadas

Consultado o catálogo normativo da Associação Brasileira de Normas Técnicas, observa-se não haver em vigência norma técnica específica sobre edificações em wood frame. A ABNT NBR 7190:1997 – Projeto de Estruturas de Madeira, pode ser utilizada para os critérios gerais de dimensionamento estrutural.

O sistema em wood frame é relativamente novo, mas sua presença já foi considerada pela ABNT. Entre 2016 e 2017, começaram os trabalhos de uma comissão destinada à elaboração do que será a norma técnica específica para este sistema construtivo.

Quer citar este artigo em seu trabalho? Utilize o modelo abaixo:

PEREIRA, Caio. Wood Frame: o que é, características, vantagens e desvantagens. Escola Engenharia, 2018. Disponível em: https://www.escolaengenharia.com.br/wood-frame/. Acesso em: 6 de novembro de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *